terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Quinto dia da novena: Contemplando a Imaculada na partilha da sorte dos migrantes

Maria tendo que deixar a sua casa para fugir do perigo que ameaçava a sua família, se fez companheira de tantos irmãos que viviam o drama da emigração em toda parte do mundo. Abandonando-se na Providência, Maria torna-se testemunha entre os exilados, daquela confiança em Deus que nunca abandona os seus filhos, mas os guia por caminhos misteriosos rumo à plenitude da liberdade e a reconquista da dignidade, frequentemente negadas ou  arriscadas.

Oração em dois coros (extraída dos prefácios das Missas da B.V. M.)

Bendizemos juntos ao Senhor,
irmãos na memória da Virgem Maria;
Exaltemos juntos o seu santo Nome
e celebremos as grandes obras do seu amor.

É justo dar glória ao Senhor
e cantar as suas misericórdias,
anunciar cada dia a sua fidelidade
e bendizer ao Senhor dos séculos.

No misterioso desenho do teu amor
fizestes surgir do ventre virginal de Maria
a luz dos povos, Cristo teu Filho,
sacramento da nossa salvação.

Ele como esposo que sai do quarto nupcial
refulge em nós Salvador e Senhor
e livrando-nos da escuridão e das sombras de morte
nos introduz no reino
da sua inextinguível luz.

E nós, com os Anjos do céu,
celebramos a grandeza do Altíssimo
e cantamos a beleza da Virgem.

Na escuta da Palavra (Mt 2,13-15)

E, tendo eles se retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José num sonho, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar. E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito. E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho.

Oração

Mãe exilada no Egito.
T: Maria, rogai por nós!
Esperança dos pobres.
T: Maria, rogai por nós!
Confiança dos humildes.
T: Maria, rogai por nós!
Sustento dos marginalizados.
T: Maria, rogai por nós!
Alívio dos oprimidos.
T: Maria, rogai por nós!
Conforto dos perseguidos.
T: Maria, rogai por nós!

Canto ou responsório

Dos escritos de São Maximiliano:

"Quem é então, Maria, a Mãe de Jesus, Imaculada? É a Mãe do Homem-Deus. Se circundamos de veneração a mãe de uma pessoa ilustre, de um benfeitor da humanidade, de quanta veneração nós deveríamos circundar a Mãe do Filho de Deus? Se a mãe  de um rei é muito poderosa perante o seu filho, quanto será poderosa a Mãe do Homem-Deus? Experimente recorrer a Ela, como uma criança à sua amada e muito boa Mãe, mesmo só invocando o seu nome, 'Maria', com os lábios ou com o coração, nas dificuldades da vida, na escuridão e nas debilidades espirituais, e você se convencerá, sozinho, o quanto Maria é poderosa e quem é o seu Filho, Jesus Cristo." (SK 1052,1181)

Oração

Sustentados pelo exemplo e pela intercessão de Maria, colocamos a nossa confiante oração ao Pai: Escutai-nos, ó Senhor.

- Acompanhai os nossos emigrantes que procuram em outros lugares, condições melhores de vida.
- Aplainai os caminhos dos emigrantes que batem em nossas portas.
- Tornai-nos acolhedores dos migrantes e disponíveis à ajuda fraterna.
- Iluminai as instituições para uma justa e sábia regulamentação dos fluxos migratórios.

E agora como filhos de Deus no Filho de Maria, rezemos juntos como Jesus nos ensinou: Pai nosso...

Oração

Ó  Deus, que na encarnação do seu Filho alegrastes o mundo inteiro, concedei a nós que veneramos Maria, causa da nossa letícia, de caminhar costantemente na via dos seus preceitos e de permanecer com os nossos corações fixos onde está a verdadeira alegria. Por nosso Senhor Jesus Cristo, seu Filho, que é Deus, e vive e reina convosco, na unidade do Espírito Santo, pelos séculos dos séculos. Amém.

Canto final