sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Quinto dia da novena a São Maximiliano Kolbe: Não deixemos que nos roubem a esperança!

Em nome do Pai...

Invocação ao Espírito Santo

Da palavra do Santo Padre:
É verdade que, em alguns lugares, se produziu uma «desertificação» espiritual, fruto do projeto de sociedades que querem construir sem Deus ou que destroem as suas raízes cristãs. Mas «é precisamente a partir da experiência deste deserto, deste vazio, que podemos redescobrir a alegria de crer, a sua importância vital para nós, homens e mulheres.  No deserto, é possível redescobrir o valor daquilo que é essencial para a vida; assim sendo, no mundo de hoje, há inúmeros sinais da sede de Deus, do sentido último da vida, ainda que muitas vezes expressos implícita ou negativamente. E, no deserto, existe sobretudo a necessidade de pessoas de fé que, com as suas próprias vidas, indiquem o caminho para a Terra Prometida, mantendo assim viva a esperança». Em todo o caso, lá somos chamados a ser pessoas-cântaro para dar de beber aos outros. Às vezes o cântaro transforma-se numa pesada cruz, mas foi precisamente na Cruz que o Senhor, trespassado, se nos entregou como fonte de água viva.  (E.G. n° 86)

G.- Na viajem da vida, que se torna incerta também devido à nossa fraqueza e inconstância, a palavra do salmo 22 infunde coragem e segurança. O Senhor vem ao nosso encontro para restaurar-nos e nos guiar por caminhos justos:

O Senhor é meu pastor, nada me faltará.
Em verdes prados ele me faz repousar
Conduz-me junto às águas refrescantes,
restaura as forças de minha alma.
Pelos caminhos retos ele me leva, por amor do seu nome.

Ainda que eu atravesse o vale escuro,
nada temerei, pois estais comigo.
Vosso bordão e vosso báculo são o meu amparo.
Preparais para mim a mesa à vista de meus inimigos.
Derramais o perfume sobre minha cabeça,
e transborda minha taça.

A vossa bondade e misericórdia
hão de seguir-me por todos os dias de minha vida.
E habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Dos escritos de são Maximiliano:
A Imaculada nos conduz com mão forte e amorosa, em meio aos espinhos, por caminhos intransitáveis, entre abismos e em meio a vendavais. O demônio, por sua vez, esforça-se para prejudicar-nos de todos os modos.
Nós, porém, procuremos estar sempre unidos cada vez mais ao redor dela e assim vamos adiante, ou melhor, voamos a grande velocidade.
Glória a Ela por tudo. (SK 497)

Momento de silêncio reflexivo
São Maximiliano, tu despertavas a esperança em ti e a reacendia nos outros.

Como fazer crescer a esperança em mim e como acendê-la naqueles que encontro?

Pai Nosso...
Ave Maria...
Glória ao Pai...

Oremos:
Ó Deus, que destes à Igreja e ao mundo São Maximiliano Maria Kolbe, sacerdote e mártir, ardente de amor pela Virgem Imaculada, inteiramente dedicado à missão apostólica e ao serviço heroico do próximo, pela sua intercessão concede-nos, para a glória do vosso nome, empenharmo-nos sem reserva pelo bem da humanidade, para imitar na vida e na morte o Cristo teu Filho. Amém.