quinta-feira, 30 de maio de 2013

Festa da Visitação de Nossa Senhora

A festa da Visitação de Nossa Senhora foi introduzida no calendário da Igreja Universal pelo papa Bonifácio IX, em 1401, mas já era celebrada pela Ordem franciscana desde 1263, no dia 2 de julho. Com a reforma do calendário litúrgico, em 1969, ela foi antecipada para o dia 31 de maio, coroando assim o mês que por tradição popular é considerado mariano.

A visitação de Maria à sua prima Isabel é narrada pelo Evangelista São Lucas: Maria, após conceber por obra do Espírito Santo, inspirada pelo mesmo Espírito parte às pressas para ir ao encontro de Isabel, que também se encontrava grávida.

Nesta festa, portanto, celebramos o encontro de duas mães extraordinárias: uma que concebe na esterilidade e a outra na virgindade; o encontro do Salvador e de seu Precursor; o encontro do Antigo e do Novo Testamento.

Neste encontro Isabel exalta a fé de Maria, pois foi graças a essa fé que Deus pode realizar os seus desígnios para com a humanidade. Foi graças a essa fé que todas as gerações a proclamaram, proclamam e continuarão  proclamando bem-aventurada. É isso que fazemos a cada vez que rezamos uma Ave-Maria.

Na festa da visitação celebramos também Maria como primeira missionária. Levando Jesus dentro de si Ela parte para a Judeia, para o mundo. Esta ação de Maria faz dela a primeira evangelizadora, aquela que inaugura as viagens missionárias de seu Filho. Dizia o bem-aventurado João Paulo II: “No mistério da visitação o prelúdio da missão do Salvador”.

Marlete Lacerda
Missionária de Campo Grande - MS
Locutora da Rádio Imaculada Conceição 890 AM