sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Feliz festa da Imaculada Conceição!
 
 
Caríssimas Missionárias, Missionários e Voluntários da Imaculada-Padre Kolbe,

da Argentina, onde estou para o encontro das Diretoras e Formadoras da América Latina, dirijo as minhas saudações e votos de felicidades para a Festa da Imaculada Conceição, "a nossa festa", como gostava de dizer o Padre.

Durante a novena, cantamos em todas as línguas "Toda bela é Maria". Nela vemos realizado o projeto de beleza, de alegria, de felicidade, de amor, que é o projeto de santidade que Deus tem para cada um de nós. Nela contemplamos o triunfo da graça de Deus e o fruto mais belo da Redenção.

Mas qual é o segredo da grandeza de Maria? Até o Papa Bento XVI, em sua homilia, em 8 de dezembro de 2006, se perguntou por que Deus tinha escolhido entre todas as mulheres Maria de Nazaré para gerar seu Filho único. "A resposta - disse o Papa - está escondida no mistério insondável da vontade divina. Há uma razão que o Evangelho ressalta: a sua humildade. Sim, Deus foi atraído pela humildade de Maria, que encontrou graça em seus olhos." (Angelus, 8 de dezembro de 2006)

Maria se reconhece a "humilde serva do Senhor" oferece a sua disponibilidade incondicional à vontade de Deus e rende-se incondicionalmente ao Senhor, para quem nada é impossível. No binômio humildade - confiança, abandono reside o segredo da grandeza de Maria. Binômio recomendado muitas vezes pelo Padre: "Para ser um instrumento cheio de amor de Deus viverá na humildade e na confiança: humildade para lhe dizer que você não é nada, e 'nada', nada pede, nada reclama, não pretende nada . Confiança para dizer que também o nada com Deus torna-se um poder. Um poder que para São Paulo, pode tudo: não só superar as provações e tentações, mas subir a montanha do Amor." (3 OVS pág. 178-179)

O mistério da Imaculada Conceição nos mostra a vitória de Cristo sobre o pecado e isto deve abrir-nos à esperança, mesmo nas provações da vida que nos fazem vacilar. "Queridos amigos, que alegria imensa ter Maria Imaculada como Mãe! Cada vez que experimentamos a nossa fragilidade e a sugestão do mal, podemos recorrer a Ela e nosso coração recebe luz e conforto." (Bento XVI, Angelus, 8 de dezembro de 2009) Parecem ecoar nas palavras do Papa as de São Maximiliano: "Entendo, pessoalmente, que negligencio muitas coisas boas, aquelas boas as cumpro muito mal e não estou isento do mal, mas a esperança é na Imaculada, que é capaz de reparar qualquer coisa e transformá-la em um bem maior." (SK 315)

Sustentados por esta esperança, continuamos nosso caminho para o Natal, com os votos de receber das mãos de Maria o dom de Cristo em nossas vidas para doá-lo ao mundo, para que o homem encontre em Cristo a esperança e a alegria da vida.

Giovanna Venturi
Diretora geral do Instituto