sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Segundo dia da novena: Contemplamos a Imaculada em seu humilde serviço aos irmãos

Maria  logo após ter recebido o anúncio do anjo decide iniciar a viagem para tornar-se companheira de caminhada de seus irmãos, sem deixar-se assustar pelas fadigas do caminho e pelas  suas  inadequadas possibilidades. Na pessoa de Isabel, grávida e de idade avançada, Maria reconhece o irmão indigente ao qual levar ajuda e esperança, revelando assim para nós o aspecto mais essencial da vida cristã no exercício de uma caridade corajosa, capaz de prevenir todo pedido e de responder com gratuidade e desinteresse.

Oração em dois coros (extraída do Prefácio das Missas da B.V.M.)

Bendizemos juntos ao Senhor, irmãos,
na memória da Virgem Maria;
exaltemos juntos o seu Santo Nome
e celebremos as grandes obras do seu amor.
                             
É justo dar glória ao Senhor
e cantar as suas misericórdias,
anunciar em cada dia a sua fidelidade
e bendizer ao Senhor dos séculos.

Ele manifestou a grandeza sublime
da Virgem Maria
na saudação profética de Isabel.

Iluminada pelo Espírito,
a mãe do precursor
a proclamou bem-aventurada
por ter acreditado na salvação prometida;
e no premuroso gesto da sua caridade
reconheceu a mãe do Senhor.

No eterno conselho do seu amor
Deus nos deu na bem-aventurada Virgem Maria
a Rainha clemente, especialista da benevolência de Deus,
que acolhe a todos aqueles que na tribulação recorrem a Ela;

A mãe da misericórdia,
sempre atenta às invocações dos filhos,
para que obtenham a sua indulgência e a remissão dos pecados;
a dispensadora de graça,
que intervem incessantemente por nós
perante o seu Filho,
para que socorra a nossa pobreza
com a riqueza da sua graça,
e com a sua poderosa intercessão sustenta a nossa fraqueza.

E nós, com os Anjos do céu,
celebramos a grandeza do Altíssimo
e cantamos a beleza da Virgem.

Na escuta da Palavra (Lc 1,39-45)

Naqueles dias, Maria pôs-se a caminho para a região montanhosa, dirigindo-se apressadamente a uma cidade de Judá. Entrou na casa de Zacarias e saudou Isabel. Ora, quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança lhe estremeceu no ventre e Isabel ficou repleta do Espírito Santo. Com um grande grito, exclamou: "Bendita és tu entre as mulheres e bendito o fruto de teu ventre! Donde me vem que a mãe do meu Senhor me visite? Pois quando tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria em meu ventre. Feliz aquela que creu, pois o que lhe foi dito da parte do Senhor será cumprido!".

Oração

Maria solícita na visitação.
T. Maria, rogai por nòs!
Mulher alegre em servir.
T. Maria, rogai por nòs!
Bem-aventurada pela tua fé.
T. Maria, rogai por nòs!
Mãe de misericórdia.
T. Maria , rogai por nòs!
Mulher alegre em servir.
T. Maria, rogai por nòs!
Mulher dócil à voz do Espírito.
T. Maria, rogai por nòs!

Canto ou responsório

Meditação

Dos escritos de São Maximiliano Kolbe:

"Nós continuamos e continuaremos cumprindo a missão de amor para com o próximo, qualquer que seja ele, para tornar doce o sofrimento aos doentes e para inflamar, através disso, os seus coraçoes por um amor grato à Imaculada, mãe que ama todas as almas sobre o inteiro globo terrestre." (SK 914)
"A essência do amor recíproco não consiste no fato que ninguém nos desgoste – o que é impossivel entre os homens – mas que aprendamos a perdoar-nos um com o outro de maneira sempre mais perfeita, imediatamente e completamente. Então recitaremos com grande confiança a invocação contida no 'Pai nosso': 'e perdoa os nossos pecados como nós perdoamos a quem nos tem ofendido' (Mt 6,12). Seria um verdadeiro problema se não tivéssemos nada ou bem pouco para perdoar aos outros." (SK 935)

Oração de intercessão

Sustentados pelo exemplo e pela intercessão de Maria, coloquemos a nossa confiante oração ao Pai: Escutai-nos, ó Senhor.

- Suscitai em cada um de nós e nas nossas comunidades o desejo de servir aos outros com alegria.
- Fazei com que cada família cristã seja um lugar privilegiado para a educação e para a solidariedade.
- Sustentai as organizações sociais e eclesiais que promovem a assistência aos necessitados

E agora como filhos de Deus no Filho de Maria, rezemos juntos como Jesus nos ensinou: Pai nosso...

Oração

Senhor, nosso Deus, que na Virgem Maria nos destes um modelo de suma humildade e de caridade sublime, fazei que a vossa Igreja se consagre com igual dedicação à vossa glória e ao serviço do homem e torne-se para todos os povos, sinal e instrumento do vosso amor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus e vive e reina convosco, na unidade do Espírito Santo, pelos séculos dos séculos. Amém.

Canto final