terça-feira, 11 de setembro de 2012

 
11 de setembro: Um dia para ser lembrado

Hoje, a Milícia da Imaculada abre as portas para acolher a nova diretora do Instituto Missionárias da Imaculada-Padre Kolbe, na cidade de São Bernardo do Campo-SP. Suas primeiras palavras na Rádio Imaculada Conceição 1490 AM foram: "Chegando aqui nesta terra amada do Brasil, senti de voltar em casa, embora não tenha sido fácil deixar a Itália, desta vez, e tudo o que fiz nestes longos doze anos. Sentir que estou em casa é graça a vocês, à amizade, ao carinho, a proximidade que vocês estão me demonstrando e que sempre me demostraram. E então a minha mensagem para vocês é a mesma que deixei ao meu país, à minha terra, na primeira que vez que vim ao Brasil. Quero partilhá-la com todos e, sobretudo, quero vivê-la aqui e agora. Vim aqui porque acredito que a vida é vida só se a entregamos por um ideal. Vim aqui não só porque vocês precisam de mim mas porque eu preciso de vocês. Vim aqui porque Deus me chamou e ninguém pode responder em meu lugar. Vim aqui porque Deus me encarregou de continuar a sua encarnação até os confins da terra. Vim aqui porque quero amar com a vida e não só com palavras. Vim aqui porque outros ficaram e se todos ficassem no próprio lugar, os pobres não teriam ninguém que cuidasse deles. Saí da minha terra porque outros partiram para anunciar-me o evangelho e agora é a minha vez de ensiná-lo aos outros. Vim aqui para que a minha alegria seja a de vocês também, e seja plena. Vim aqui para partilhar o que eu sou porque tudo foi me dado para ser partilhado com todos. Vim porque me sinto órfã de uma parte de Deus que posso encontrar somente aqui com vocês. Vim aqui e acredito que Cristo está comigo."
Depois da santa missa, Marina Melis entregou uma pequena imagem de Nossa Senhora trazida da terra santa, como sinal de unidade entre o Insituto e toda a família consagrada da Milícia da Imaculada no Brasil.