quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

A caridade como vida na fé

Toda a vida cristã consiste em responder ao amor de Deus. A primeira resposta é precisamente a fé como acolhimento, cheio de admiração e gratidão, de uma iniciativa divina inaudita que nos precede e solicita; e o «sim» da fé assinala o início de uma luminosa história de amizade com o Senhor, que enche e dá sentido pleno a toda a nossa vida. Mas Deus não se contenta com o nosso acolhimento do seu amor gratuito; não se limita a amar-nos, mas quer atrair-nos a si, transformar-nos de modo tão profundo que nos leve a dizer, como São Paulo: Já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim (cf. Gl 2, 20).

Quando damos espaço ao amor de Deus, tornamo-nos semelhantes a Ele, participantes da sua própria caridade. Abrirmo-nos ao seu amor significa deixar que Ele viva em nós e nos leve a amar com Ele, n'Ele e como Ele; só então a nossa fé se torna verdadeiramente uma «fé que atua pelo amor» (Gl 5, 6) e Ele vem habitar em nós (cf. 1 Jo 4, 12).

A fé é conhecer a verdade e aderir a ela (cf. 1 Tm 2, 4); a caridade é «caminhar» na verdade (cf. Ef 4, 15). Pela fé, entra-se na amizade com o Senhor; pela caridade, vive-se e cultiva-se esta amizade (cf. Jo 15, 14-15). A fé faz-nos acolher o mandamento do nosso Mestre e Senhor; a caridade dá-nos a felicidade de pô-lo em prática (cf. Jo 13, 13-17). Na fé, somos gerados como filhos de Deus (cf. Jo 1, 12-13); a caridade faz-nos perseverar na filiação divina de modo concreto, produzindo o fruto do Espírito Santo (cf. Gl 5, 22). A fé faz-nos reconhecer os dons que o Deus bom e generoso nos confia; a caridade fá-los frutificar (cf. Mt 25, 14-30).

Trecho da Mensagem de Bento XVI para a quaresma de 2013

Para meditar:

Jesus enxuga as suas lágrimas

 
Muitas pessoas que sofrem
que pedem ajuda e não ajuda não têm
no caminho de uma vida feita de sofrimento.
Crianças choram, mulheres que sofrem
homens que não sabem para onde ir
para encontrar um pouco de paz e estabilidade.
O sofrimento parece permanente
em um mundo escuro, sem céu...
mas há alguém que.

Jesus enxuga suas lágrimas de tristeza
seu amor vai curar suas feridas
Ele realmente ama você, tem que acreditar
Jesus quer abraçá-lo, estar sempre com você, com você.

Jesus veio a esta terra para carregar sobre si as nossas dores,
Ele sabe como você se sente quando está aflito..
Abandonado, rejeitado, flagelado o Meu Jesus
familiarizado com o sofreimento o Homem de dor.
Pregado em uma cruz
depois de três dias ressuscitou.
Deve saber que
Jesus diz: "Vinde a mim cansados e fatigados, e darei o Meu descanso que preparei para você.
 
(Coral de Palmi)