quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Vida interior - Meditação

Podemos meditar caminhando, sentados, no quarto, na igreja ou contemplando a natureza... O importante é dedicarmos todos os dias um pouco de tempo, uma hora, meia hora, ao menos quinze minutos a esse encontro pessoal com Deus. Somente diante dele, a fim de que a sua Palavra penetre em nossos corações e em nosso espírito. Palavra que é, antes de tudo, a Sagrada Escritura, mas que pode também ser um documento da Igreja, a vida e o exemplo de um santo, um livro que fale de Maria, etc.

Meditando a Palavra de Deus conseguiremos também entender a vocação que Deus nos deu. Muitas vezes, digo isso com pesar, vemos jovens e não tão jovens insatisfeitos, desiludidos, porque não buscaram o sentido da vida, não procuraram entender o lugar para o qual Deus os chamava e se viram fora do caminho.

Meditando a palavra, teremos a certeza que Ele "venceu o mundo" (cf. Jo 16,33). E seremos capazes de oferecer tudo, como fez Maria. Porque teremos entendido que a cruz, onde quer que toque, dá a vida. Por isso, nos momentos de dor saberemos dizer: "Creio e crendo sigo a ti; seguindo-te, te amo e, amando-te, te ofereço tudo".

A nossa alma será purificada e ganhará força nova. Uma força capaz de renovar o mundo.

Padre Faccenda
Fundador do Instituto